Quarta, 06 de Julho de 2022

Alguma nebulosidade

Curitiba - PR

Geral Maranhão

Cotidiano de estudantes do Ensino Médio Integral da rede pública no Brasil é tema de documentário lançado em São Luís

O filme, realizado pela Oficina Filmes e o Instituto Sonho Grande, contou com a parceria do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Esta...

23/06/2022 às 18h42
Por: Cabn Brasil Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
23/06/2022

Nesta quinta-feira (23), ocorreu no Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís, o lançamento do Documentário “Tudo que podemos ser”, uma abordagem sobre as expectativas, os sonhos e a transformação de estudantes do Ensino Médio Integral da rede pública no Brasil. O filme, realizado pela Oficina Filmes e o Instituto Sonho Grande, contou com a parceria do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). 

“Quando nós vemos os jovens protagonizando suas histórias, criando os seus projetos de vida, alimentando e realizando os seus sonhos, isso significa que a educação transformou as suas vidas. A melhor glória da educação e do professor é quando ele sai de cena para o estudante brilhar, e esse momento é o resultado do brilho dos alunos, aquilo que eles podem ser, eles serão, por meio da educação. E esse é o objetivo do governo Carlos Brandão, que cada estudante possa ser protagonista de seu futuro”, destacou a secretária de Estado da Educação, Leuzinete Pereira da Silva.

O filme aborda o cotidiano de Cleanderson Pereira Ferreira, Elias de Lima Souza e Raquel Rocha Santos, do Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro, escola da rede estadual de ensino integral, localizada no bairro Coroadinho, em São Luís. Durante três anos, o documentário “Tudo que podemos ser” acompanhou as rotinas, as mudanças e o desenvolvimento de seus projetos de vida com o apoio das escolas, além de retratar a resiliência dos jovens em meio ao período desafiador da pandemia.

O longa também revela diferentes realidades de cada estado – Maranhão, Mato Grosso do Sul e Pernambuco. Ao focar no acompanhamento da trajetória dentro do Ensino Médio Integral, o longa assiste ao crescimento dos estudantes como protagonistas de suas vidas.

“Eu me sinto privilegiado, mesmo sendo um estudante de escola pública, porque tenho um ensino de qualidade e sou valorizado. O Documentário retrata uma história de vida. O importante é incentivar os estudantes e mostrar que cada aluno tem seu ambiente, sua vida, mas tudo é possível, por mais que haja dificuldade. A escola de ensino em tempo integral está aí para ajudar, ampliar os conhecimentos e fazer a diferença na vida do aluno”, exprimiu o estudante Cleanderson Pereira Ferreira.

A estudante egressa do Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro falou sobre sua trajetória na escola e acredita que o Documentário pode auxiliar muitas pessoas no seu projeto de vida. “Na escola em tempo integral, eu pude ampliar a minha visão de mundo e conhecer o meu projeto de vida. Sobre o Documentário foi muito interessante participar desse projeto, porque através dele percebi o que eu queria para a minha vida. O filme fala de sonhos e ajudará as pessoas na busca de seus projetos de vida”

A diretora de Operações, do Instituto Sonho Grande, Ludmila Serpa, expressou felicidade pelo lançamento do Documentário e agradeceu o apoio do Governo do Estado pela parceria que já garantiu resultados animadores na educação do Maranhão.

“Nós do Instituto Sonho Grande estamos imensamente felizes. Temos uma parceria com a Secretaria de Educação desde 2016 e estamos imensamente felizes por retratar a vida dos jovens estudantes de uma escola pública integral do Maranhão. A escola oferece um ensino de qualidade e entrega o jovem formado para a vida, que segue o seu caminho de uma forma planejada” proferiu Ludmila.

A supervisora dos Centros Educa Mais, Raquel Melo, enfatizou o sucesso do modelo de educação ofertado nos Centros Educa Mais. “Esse é um momento de êxtase em poder materializar, em um documentário, a essência de transformação que é gerada pelo modelo Educa Mais, do Governo do Maranhão, que dá mais oportunidades aos estudantes”, proferiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários