local 1

Jovem é presa suspeita de matar o marido e diz que cometeu crime para não ser mais agredida

Por CABN em 10/06/2021 às 15:08:19

O crime aconteceu na noite de 28 de outubro de 2019, no bairro Costeira. Segundo a polícia, o corpo da vítima foi encontrado em uma residência, deitado na cama, com vários disparos de arma de fogo. Na época, ainda de acordo com a polícia, a mulher alegou às equipes que três homens teriam entrado na casa para executar a vítima.

A Delegacia de São José dos Pinhais começou a investigar o caso e comprovou, segundo a polícia, de que a versão dada pela mulher era falsa. As investigações apontaram que a mulher teria aguardado o momento em que a vítima foi dormir e a executou com a sua própria arma de fogo.

Interrogatório

Ao ser presa, a mulher foi levada à delegacia e interrogada. Ela, dessa vez, segundo a Polícia Civil, relatou um histórico de agressões, abusos e violência doméstica que estaria sofrendo e que, por estes motivos, teria matado a vítima.

A partir de agora, a mulher está detida na Delegacia de Ponta Grossa e permanece a disposição da justiça. A indiciada não possui antecedentes criminais e poderá receber uma pena de até 30 anos de prisão, caso seja indiciada pelo crime.

Fonte: Banda B

Comunicar erro
local 2

Comentários

local 3