local 1

Servidores da sa√ļde de Ponta Grossa protestam ap√≥s prefeitura cortar adicional de insalubridade por Covid

Por CABN em 01/09/2021 às 15:34:14
Manifesta√ß√£o ocorreu nesta quarta (1¬ļ). Segundo prefeitura, compensa√ß√£o que vinha sendo paga h√° um ano foi suspensa porque todos os servidores da saúde receberam as duas doses da vacina. Profissionais da saúde protestam em Ponta Grossa

V

Servidores municipais que atuam na saúde de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paran√°, realizaram um protesto contra a medida da prefeitura que cortou o adicional de insalubridade da Covid-19 para os profissionais.

Conforme a prefeitura, a decis√£o de suspender o pagamento a partir deste mês aconteceu uma vez que todos os servidores municipais da saúde receberam as duas doses da vacina contra a Covid, além da aquisi√ß√£o de novos equipamentos com mais prote√ß√£o.

Nesta quarta-feira (1¬ļ), cartazes foram pendurados e cruzes colocadas em unidades de saúde da cidade para reivindicar a retomada do pagamento do adicional.

A compensa√ß√£o era paga desde agosto de 2020, com retroativo a partir de abril do ano passado, a 1.800 servidores da saúde com atua√ß√£o na linha de frente da pandemia.

O adicional chegava a 40% do sal√°rio dos servidores.

Para a prefeitura, de acordo com dados disponibilizados, o pagamento da compensa√ß√£o representava R$ 387 mil por mês.

CORONAVÍRUS NO PARAN√Ā: Veja as principais notícias

ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado

VACINA√á√ÉO NO PARAN√Ā: Veja perguntas e respostas

Procurada, a administra√ß√£o pública refor√ßou, ainda, que o dinheiro economizado agora poder√° ser investido em outras √°reas.

Protesto aconteceu nesta quarta (1¬ļ)

Reprodução/RPC

Veja mais notícias da regi√£o em G1 Campos Gerais e Sul.

Fonte: G1

Comunicar erro
local 2

Coment√°rios

local 3