local 1

Polícia não acredita em crime e aguarda laudo para apontar causa da morte de ator no Ecoville

Por Cabn em 06/09/2021 às 16:40:30

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não acredita que o ator encontrado morto em um apartamento do Ecoville, em Curitiba, tenha sido vítima de um crime. A análise, segundo informações concedidas pela delegada Tathiana Guzella à Banda B nesta segunda-feira (6), se dá diante das condições em que o corpo foi encontrado. Câmeras de segurança mostram a vítima chegando sozinha e a porta do apartamento estava fechada.

Foto: Djalma Malaquias – Banda B

“Nós não podemos adiantar a causa da morte antes do laudo do IML [Instituto Médico Legal], mas acredita-se que uma parada cardíaca possa ter ocorrido em razão da mistura de remédios controlados com entorpecentes, uma vez que encontramos papelotes das drogas”, disse Guzella.

O corpo foi encontrado preso entre a janela e a tela de proteção de um condomínio localizado na Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, na manhã desta segunda-feira (6).

Com as informações obtidas até aqui, a Polícia Civil descarta a ocorrência de um homicídio. “Muito se falou em um crime de ódio, mas não é esse o caminho da investigação. Pelos elementos que temos aqui, não estamos diante de um homicídio”, concluiu a delegada.

A mãe da vítima prestou depoimento à DHPP e confirmou que o jovem estava em tratamento contra o uso de drogas.

Luto

Diante da morte, vários amigos prestaram homenagens à vítima. O Teatro Lala, por exemplo, lamentou profundamente o falecimento de um de seus mais dedicados alunos. “Apesar de ter se desligado de nossa instituição há mais de 6 anos, continuou sendo sempre muito querido por todos nós, pela pessoa especial e devotada à arte que era. Nossos sentimentos à família”, descreveu.

Fonte: Banda B

Tags:   Segurança
Comunicar erro
local 2

Comentários

local 3